Hugo Motta diz que Republicanos vai pleitear a vice na chapa de João e deve indicar nome de Adriano Galdino

O deputado federal e presidente do Republicanos na Paraíba, Hugo Motta, afirmou durante entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, que vai pleitear um espaço na vice da chapa majoritária encabeçada pelo governador João Azevêdo (Cidadania). A legenda recebeu nesta segunda-feira (14) o anúncio de filiações dos deputados federais Wilson Filho e Edna Henriques, além do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino,

Segundo Hugo Motta, o Republicanos deve primeiro fechar o ciclo de novas filiações, que deve acontecer até o fim da janela partidária e se encerra no final de março, para após esse período, reunir todos os seus filiados e discutir entre eles a indicação do nome que deve ocupar o espaço. Ele pontuou ainda a indicação é justa graças a toda musculatura eleitoral obtida com os novos filiados e nomes como o de Adriano Galdino devem ganhar força.

“Sim [pleitear], nós vamos por etapas e com planejamento fazer toda uma programação para os próximos dias. O nosso foco nesse momento é consolidar as chapas de deputado estadual e federal. Fechando a janela partidária, porque também nós vamos aguardar as movimentações das demais legendas, nós vamos buscar com naturalidade e tenho plena convicção que vamos atingir o objetivo de fortalecimento da legenda para cobrarmos o espaço na majoritária”, disse.

“Teremos quadros para compor ela, como é o caso do deputado Adriano Galdino e diversos outros deputados que também estão chegando a legenda para que, com isso, avancemos nessa discussão. É óbvio e claro que o partido tem sim interesse de participar da majoritária e será para nós mais um desafio que iremos cumprir em favor da Paraíba”, concluiu Hugo Motta ao programa 60 Minutos.

LEIA MAIS:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.