João rebate Bolsonaro e nega que Paraíba tenha recebido R$ 21 bilhões para combater pandemia

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) rebateu o presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido) que divulgou neste domingo (28), uma lista valore de repasses para os estados brasileiros. Além de João, outros governadores acusam o presidente de distorcer informações sobre os repasses.

“A Paraíba não recebeu R$ 21 bilhões para combater a pandemia. Mais uma vez estão tentando confundir a população, distorcendo valores que incluem FPE, FPM, Auxílio Emergencial, entre outros que são obrigações constitucionais e não podem ser usados no enfrentamento à Covid-19”, disse João em uma rede social.

Nas redes sociais, o presidente divulgou valores de repasses feitos pelo Governo Federal para cada estado. Porém, esses valores são formados, na maioria, por recursos obrigatórios e não pode decisão do presidente.

Outros 15 governadores reagiram à publicação, alegando que o presidente tenta atacar os governadores. Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, taxou Bolsonaro de “irresponsável”.

Em nota, 16 governadores rebateram as acusações apontando que “adotando o padrão de comportamento do Presidente da República, caberia aos Estados esclarecer à população que o total dos impostos federais pagos pelos cidadãos e pelas empresas de todos Estados, em 2020, somou R$ 1,479 trilhão. Se os valores totais, conforme postado hoje, somam R$ 837,4 bilhões, pergunta-se: onde foram parar os outros R$ 642 bilhões que cidadãos de cada cidade e cada Estado brasileiro pagaram à União em 2020?”.

Veja a publicação de Bolsonaro:

 

Marília Domingues

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *