Justiça Federal condena prefeito de Esperança a 7 anos de prisão por irregularidades na administração

A Justiça Federal condenou o prefeito do município de Esperança, na Paraíba, Nobson Pedro de Almeida, mais conhecido por “Nobinho”, a 7 anos de prisão por irregularidades na administração pública. A sentença foi do juiz da 6ª Vara Federal, Gustavo de Paiva Gadelha, e divulgada nesta quarta-feira (09).

A decisão toma por base as denúncias do Ministério Público Federal (MPF) feitas em 2016. As investigações apontaram um suposto cometimento de infrações penais relativas a fraudes licitatórias e desvio de recursos em um Convênio feito entre o município de Esperança e o Ministério do Turismo.

O juiz federal determinou a prisão devido aos crimes previstos nos artigos 89 e 90 da Lei 8.666/93 e no Decreto Lei 201/67, os quais tratam das práticas de fraude em licitação, apropriação e desvio de bens e rendas públicas. Nobinho foi prefeito em Esperança entre 2009 e 2012. Em 2017 voltou para a Prefeitura e reeleito no ano passado.

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *