Justiça suspende pela segunda vez recuperação judicial da 123 milhas

Justiça suspende pela segunda vez recuperação judicial da 123 milhas

Brasil
Joaquim
27 de janeiro de 2024
24

A Justiça suspendeu pela segunda vez a recuperação judicial da empresa 123 milhas. O processo já havia sido interrompido entre setembro e dezembro do ano passado, quando foi retomado pela Tribunal de Justiça de Minas Gerais. A nova suspensão aceitou o pedido do maior credor que é o Banco do Brasil, para que fossem substituídos dois dos três escritórios administrativos judiciais, alegando que há falta de expertise das empresas em cuidar do caso.

A decisão da juíza Claudia Helena Batista, da 1ª Vara Empresarial de Belo Horizonte, utiliza como justifica a falta de  definição dos escritórios que trabalharão no caso, ressaltando que é importante observar o rito processual. As empresas Lance Hotéis e Max Milhas, que pertencem ao grupo da 123 milhas, ainda não foram objetos de decisão judicial, fato que também foi utilizado como argumento para suspender a recuperação judicial novamente.

Em nota ao site da Jovem Pan, a 123 milhas afirmou que “aguarda a decisão da Justiça sobre a nova data para apresentar o seu Plano de Recuperação Judicial”. O primeiro pedido de recuperação judicial da 123 milhas foi protocolado em agosto do ano passado no Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Na ocasião, a empresa destacou que “a medida tem como objetivo assegurar o cumprimento dos compromissos assumidos com clientes, ex-colaboradores e fornecedores” e que “a recuperação judicial permitirá concentrar em um só juízo todos os valores devidos. A empresa avalia que, desta forma, chegará mais rápido a soluções com todos os credores para, progressivamente, reequilibrar sua situação financeira”.

*Com informações do repórter David de Tarso

 

 

Rafa Neddermeyer/Agência Brasil123milhas cancelou pacotes promocionais de milhares de clientes O primeiro pedido de recuperação judicial da 123 milhas foi protocolado em agosto do ano passado no Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.