Mesmo com greve dos professores, UFPB informa que calendário 2024 continua vigente

Mesmo com greve dos professores, UFPB informa que calendário 2024 continua vigente

Paraíba
Joaquim
14 de junho de 2024
53

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB), informou nessa quinta-feira (13), por meio da Reitoria, que até o momento o calendário acadêmico do período letivo de 2024.1 segue vigente.

O anúncio foi feito após a confirmação da greve dos professores da UFPB que paralisaram as atividades desde a segunda-feira do dia 3 de junho, por tempo indeterminado. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Professores da UFPB (ADUFPB). A greve foi aprovada na última quarta-feira, 29 maio,  após uma assembleia realizada no Centro de Vivência do campus I, em João Pessoa.

Greve na UFCG

Os docentes da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) também estão em greve por tempo indeterminado, desde a segunda-feira (10). A informação foi confirmada pela Associação de Docentes da UFCG (ADUFCG). A paralisação foi aprovada na última quinta-feira, 06 junho, após uma assembleia realizada com os servidores.

A proposta rejeitada

Os docentes rejeitaram a proposta do Governo Federal, realizada pelos Ministérios da Educação (MEC) e da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), que propôs para os docentes de institutos e universidades federais um aumento de salário  que vão de 23% a 43% até 2026, considerando o reajuste de 9% já garantido em 2023 pelo governo Lula, depois de seis anos sem reajuste. O salário inicial de um docente passaria de R$ 9.916 (salário em abril de 2023) para R$ 13.753. Já o salário para professor titular, no topo da carreira, iria de R$ 20.530 (abril de 2023) para R$ 26.326.

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.