Morte de adolescente pode ampliar número de vítimas da meningite; conheça sintomas

Morte de adolescente pode ampliar número de vítimas da meningite; conheça sintomas

Paraíba
Joaquim
13 de maio de 2024
22

A morte de uma adolescente de 12 anos neste final de semana, no Hospital de Trauma de Campina Grande, pode ampliar o número de vítimas da meningite no estado. Até agora, são dois óbitos desde o início do ano, dos 48 casos notificados e 18 confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde. Caso confirmado, este será o terceiro óbito registrado por esta doença somente este ano no estado.

A população é orientada a buscar atendimento médico imediato ao apresentar sintomas relacionados à meningite.

A jovem deu entrada no Hospital Regional de Sousa, no dia 3 de maio, apresentando sintomas como dor de cabeça, dor na nuca e sinais que indicavam possível infecção da doença. Com a agravamento do quadro, ela foi transferida para o Hospital Noaldo Leite, em Patos, onde seu estado de saúde piorou.

A adolescente foi intubada em Patos, com hemodinâmica estável, mas posteriormente apresentou quadro neurológico crítico, sem resposta aos estímulos e pupilas dilatadas, indicando um quadro inicial de morte encefálica. A confirmação do diagnóstico de meningite aguarda os resultados dos exames que serão realizados no Laboratório Central (Lacen).

As meningites provocadas por vírus costumam ser mais leves e os sintomas se parecem com os das gripes e resfriados. Entre os sintomas da doença estão: febre alta, mal-estar, vômitos, dor forte de cabeça e no pescoço, dificuldade para encostar o queixo no peito e, às vezes, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo. Também podem ocorrer falta de apetite e irritação.

Nos bebês, podem pode-se observar outros sintomas como: moleira tensa ou elevada; gemido quando tocado; inquietação com choro agudo; rigidez corporal com movimentos involuntários, ou corpo “mole”, largado.

 

MaisPB

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.