Número de mortes por covid-19 nos EUA supera 1 milhão

Os Estados Unidos foram o primeiro país a registrar a marca de 1 milhão de mortes por covid-19, segundo a contagem da Agência Reuters. A marca é um lembrete para os cuidados preventivos, mesmo quando a pandemia dá sinais de arrefecimento.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou a covid-19 uma pandemia global, em 11 de março de 2020. Nesse momento já eram 36 mortes nos EUA, os meses seguintes os casos se alastraram pelas áreas densamente povoadas como Nova York.

Globalmente a pandemia alcançou a marca de 6,7 milhões de mortes confirmadas, mais de 600 mil só no Brasil. Já o verdadeiro número de vítimas, somando aqueles que morreram de covid-19, ou como resultado indireto do surto, é de provavelmente 15 milhões, segundo a OMS.

A vacinação trouxe a redução das mortes, mesmo diante da variante Ômicron, extremamente contagiosa.

O número exato da pandemia pode nunca ser verdadeiramente conhecido. Algumas pessoas que morreram quando infectadas nunca foram testadas e não aparecem nos dados. Outras, apesar de terem a doença, podem ter morrido por outro motivo, como um câncer, mas ainda assim foram contabilizadas.

Com informações da Reuters

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.