Operação investiga uso de documentos falsos para fraudar benefícios no INSS na Paraíba

Operação investiga uso de documentos falsos para fraudar benefícios no INSS na Paraíba

Policial
Joaquim
30 de junho de 2024
27

A Polícia Federal, em trabalho conjunto com o Núcleo de Inteligência Previdenciária e Trabalhista do Ministério da Previdência e Trabalho, deflagrou na manhã desta sexta-feira (28), a “Operação Insano”, com o objetivo de arrecadar elementos para investigação de fraude a benefícios do INSS, ocorridos na cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa.

De acordo com informações, foram cumpridos quatros mandados de busca e apreensão, expedidos pela 16ª Vara Federal da capital. A investigação tem por objeto identificar elementos de autoria e materialidade de crimes praticados por organização criminosa, que por meio de fraude realizada, mediante a utilização de documentos médicos falsos relativos a incapacidade laborativa, conseguiam a concessão de auxílio doença e benefício por invalidez.

A origem do trabalho decorreu da análise dos dados que apontaram incongruências nos documentos médicos encaminhados ao setor de perícias médicas da Previdência Social no município.

O nome da operação foi escolhido pela justificativa usada para obtenção do benefício fraudulento: “insano – transtorno mental e comportamental, não estando em suas faculdades mentais, louco ou demente”.

Os fatos praticados pelo grupo criminoso investigado no âmbito da Operação Insano apontam para o cometimento dos crimes de fraude previdenciária, falsidade ideológica, uso de documento falso e organização criminosa, com penas que, se somadas, ultrapassam 20 anos de prisão e multa.

 

Portal Paraíba

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.