colegio mesquita

Pedidos de empréstimos para cobrir despesas com a casa crescem 43% na PB

Pedidos de empréstimos para cobrir despesas com a casa crescem 43% na PB

Destaque Paraíba
Joaquim
25 de dezembro de 2022
4

Levantamento realizado pela Provu, fintech especializada em meios de pagamento e crédito pessoal, mostra um movimento curioso ocorrido nos estados da região Nordeste. Os pedidos de empréstimos para despesas com a casa, como compras de mobiliário, reforma, mudança e compra ou refinanciamento de um imóvel, tiveram aumento de 36% em um ano. Na Paraíba, esse resultado chegou a 43%.

A variação foi observada em todos os estados da região. Em novembro de 2021, a categoria representou 10,20% das solicitações de empréstimos em Alagoas. Já em 2022 do mesmo mês, o número chegou a 17%, um aumento de 70%. Pernambuco foi de 11,20% para 17,60% no mesmo período, registrando 54% de aumento anual.

Paraíba e Sergipe também tiveram esse mesmo movimento crescente. Cada um desses dois estados apresentaram 9,20% das solicitações de empréstimos para despesas com a casa, e em novembro deste ano esse número subiu para 13,20% e 12,90% respectivamente. Os piauienses também tiveram um aumento de 36% de um ano para outro, indo de 8,5% dos pedidos de crédito para casa para 11,60% em novembro deste ano. O levantamento ainda mostra que o Rio Grande do Norte subiu 3,5 pontos percentuais, saindo de 10,4% em novembro de 2021 para 13,9% no mesmo mês deste ano.

Já Maranhão e Ceará saíram de 10,90% e 11,10% para 14,2% e 14,50% respectivamente – aumento de 30%. A Bahia cresceu 18%, indo de 12,20% no mês de novembro de 2021 para 14,4% em novembro deste ano.

Empreender e pagar dívidas também são motivações para nordestinos

Os pedidos de crédito para empreender, seja para montar um negócio ou melhorar um já existente, lidera no Nordeste, representando 47,5% dos pedidos da região. No último mês, mais da metade das solicitações no Ceará (50,70%) tiveram esse destino, pouca variação quando comparado a novembro de 2021 (49%). Já em Pernambuco, as solicitações para essa categoria tiveram uma leve queda, indo de 47% no ano passado para 44,5% neste ano. O mesmo ocorreu na Bahia, com registro de 47% em 2021, para 46,30% em novembro de 2022.

As solicitações de empréstimo para pagamento de dívidas, como cartão de crédito e cheque especial, ocupam o segundo lugar, com 19,7% do total de pedidos na região em novembro. Porém, solicitações com esse fim caíram em Pernambuco, indo de 26% em novembro de 2021 para 20,5% no mesmo período deste ano. Outros estados que também tiveram diminuição foram o Ceará, de 24% para 18% e a Bahia, que caiu de 24% para 20,7% neste mesmo período.

Pedidos de empréstimo para despesas com a casa (nov/21 – nov22)

Região Nordeste – +36% na variação anual

Alagoas – +70% na variação anual

Bahia – +18% na variação anual

Ceará – +30% na variação anual

Maranhão – +30% na variação anual

Paraíba – +43% na variação anual

Pernambuco – +57% na variação anual

Piauí – +36% na variação anual

Sergipe – +40% na variação anual

Rio Grande do Norte – +34% na variação anual

 

 

MaisPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.