PF deflagra operação contra grupo ligado ao tráfico de drogas e cumpre 18 mandados em órgãos públicos de JP

PF deflagra operação contra grupo ligado ao tráfico de drogas e cumpre 18 mandados em órgãos públicos de JP

Destaque Paraíba Policial
Joaquim
3 de maio de 2024
40

Uma nova operação foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (03) na Paraíba. Segundo as informações obtidas pelo Portal ClickPB a PF está cumprindo mandados em João Pessoa.

A ‘operação Mandare’ tem por objetivo desarticular e aprofundar a coleta de elementos de prova acerca de um grupo criminoso que atua em João Pessoa e na região metropolitana. Entre os alvos, estiveram órgãos públicos.

Segundo a PF, a investigação teve início após se observar a intensa movimentação financeira do grupo investigado, uma vez que valeria de pessoas interpostas para operacionalizar valores referentes às atividades criminosas, especialmente o tráfico de drogas.

Estão sendo cumpridos 18 mandados judiciais, sendo 7 de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão, além do bloqueio em contas bancárias.

No decorrer da investigação, com o seu aprofundamento, foi observado que um preso do sistema penitenciário estadual, o qual tem posição de liderança em organização criminosa, articulou a obtenção de vantagens em órgão público, notadamente cargos, em contrapartida a apoio que dá a agentes públicos para adentrarem em comunidades controladas ou que sofrem forte influência do crime.

Cumprimento de mandados em órgãos públicos

Ao menos três órgãos ligados à Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) estiveram entre os alvos dos mandados já cumpridos pela Polícia Federal (PF) na manhã desta sexta-feira (03) durante a operação Mandare.

De acordo com as informações obtidas pela reportagem, e confirmadas pela Polícia Federal, equipes estiveram hoje (03) na Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na Secretária de Direitos Humanos e Cidadania (SEDHUC) e na Empresa de Limpeza Urbana da capital (EMLUR).

Mais detalhes

Cerca de 44 policiais federais e 40 policiais militares participam das diligências.

Segundo a PF, a ação teve o apoio de dados de inteligência e de análise fornecidos pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado na Paraíba, a qual é composta pela Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Nacional de Políticas Penais – SENAPPEN, Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social da Paraíba e Secretaria de Estado da Administração Penitenciária da Paraíba.

Esta semana a Polícia Federal deflagrou, na última terça-feira (30/04) uma outra operação, que teve como foco fraudes em uma prefeitura do Agreste paraibano.

Resposta da Prefeitura de João Pessoa

Em nota, a Prefeitura de João Pessoa declarou que se coloca à disposição e condena qualquer tipo de ato ilítico. Confira na íntegra:

A Prefeitura de João Pessoa vem a público esclarecer, em virtude de operação realizada pela Polícia Federal na manhã de hoje (03) nas Secretarias de Saúde, Direitos Humanos e Cidadania e na Autarquia de Limpeza Urbana de João Pessoa, que se coloca à disposição para cooperar integralmente com as investigações.

O Poder Executivo Municipal reitera que condena veementemente qualquer tipo de ato ilícito e que determinou a instauração de procedimento administrativo para apurar a responsabilidade dos servidores citados na investigação.

Prefeitura Municipal de João Pessoa

 

Click PB

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.