PF vai indiciar Bolsonaro nos inquéritos das joias e dos cartões de vacinas

PF vai indiciar Bolsonaro nos inquéritos das joias e dos cartões de vacinas

Brasil Policial
Joaquim
4 de julho de 2024
30

A Polícia Federal indiciará o ex-presidente Jair Bolsonaro nos inquéritos que investigam a venda ilegal de joias no exterior e a falsificação de cartões de vacina contra a covid-19. A informação foi confirmada pela Band.

Ambos os relatórios com o indiciamento do ex-presidente da República foram concluídos nos últimos dias e devem ser entregues ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (4).

Em junho, o repórter da Band, Túlio Amâncio, já havia antecipado o indiciamento de Bolsonaro no caso das joias. O inquérito está no Supremo e o relator é o ministro Alexandre de Moraes. Para a PF, a venda das joias e de um relógio de luxo aconteceram com a participação efetiva do ex-presidente.

Os relatórios também serão apresentados à Procuradoria-Geral da União (PGR), que decidirá se aceita ou não o indiciamento de Jair Bolsonaro.

Além de Jair Bolsonaro, o ex-ajudante de ordens Mauro Cid e o pai dele, Mauro César Lourena Cid, Fábio Wajngarten (ex-chefe da Secretaria de Comunicação do governo) e Frederic Wassef (advogado da família Bolsonaro) também foram indiciados no inquérito das joias.

A Band também apurou que, mesmo com o indiciamento do ex-presidente, a Polícia Federal não deve formalizar um pedido de prisão preventiva.

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.