Polícia deflagra operação contra grupo suspeito de movimentar R$ 10 milhões em fraudes na Paraíba

Polícia deflagra operação contra grupo suspeito de movimentar R$ 10 milhões em fraudes na Paraíba

Policial
Joaquim
10 de julho de 2024
20

A Polícia Civil cumpriu na manhã desta quarta-feira (10) mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão no bairro Expedicionários, em João Pessoa, como parte da operação “Mão Fantasma”. A ação, coordenada pela Delegacia de Crimes Cibernéticos (DECC) da capital paraibana, visa desmantelar uma organização criminosa suspeita de movimentar aproximadamente R$ 10 milhões em fraudes financeiras.

O esquema, investigado pela Polícia Civil de Santa Catarina, envolve a venda de contas falsas com dados de terceiros e o uso desses dados para cometer fraudes financeiras digitais contra bancos e pessoas físicas. O grupo criminoso atuava em pelo menos seis estados brasileiros, incluindo Paraíba, São Paulo e Bahia.

De acordo com o delegado João Ricardo, titular da DECC, o homem preso durante a operação em João Pessoa não apenas participava das fraudes, mas também oferecia treinamentos sobre como realizá-las. “A investigação apontou que o indivíduo preso estava diretamente envolvido na disseminação de técnicas fraudulentas e na venda de contas bancárias falsas”, afirmou o delegado.

A operação “Mão Fantasma” foi iniciada após um trabalho conjunto de inteligência entre as delegacias de crimes cibernéticos dos estados envolvidos.

 

 

Wscom

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.