Prefeito de Pombal é investigado por propaganda eleitoral antecipada após distribuir kits de higiene na cidade

O Ministério Público Eleitoral instaurou dois procedimentos preparatórios para investigar propaganda eleitoral antecipada e conduta vedada por parte do prefeito de Pombal, que deve disputar a reeleição, Abmael Lacerda, conhecido como Doutor Verissinho. A secretária do Trabalho e Ação Social do município, Mayenne Lacerda, também é investigada.

As portarias que instauram os procedimentos foram publicadas no diário eletrônico do Ministério Público Federal (MPF) desta sexta-feira (21).

De acordo com o texto das portarias, nos dias 1 e 2 de julho o prefeito e a secretária promoveram a distribuição de kits de higiene a várias pessoas da cidade, principalmente idosos. Acontece que durante a entrega, um carro de som tocava um jingle usado na campanha eleitoral do prefeito em 2016, conduta que pode ser interpretada como propaganda eleitoral antecipada.

A Secretaria do Trabalho e Ação Social do Município de Pombal terá o prazo de 15 dias para enviar informações acerca do número de pessoas beneficiadas com a entrega dos kits, como também os nomes destas pessoas, quais bens/itens compunham o kit entregue, indicando ainda o custo deste kit. Os dados serão usados na investigação.

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *