Prefeitura e instituição credenciada pelo Criança Esperança discutem projetos sociais para Pedras de Fogo

O prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior, se reuniu, nessa terça-feira (17), com os membros da Casa de Cultura Ilê Asé D’Osoguiã (CCIAO), Renato César Ribeiro Bonfim (Diretor Presidente), Edmar Bonfim (Assuntos da Comunidade) e Ranyellen Félix (Coordenadora do Controle Social) para discutir ações de inclusão social no município, através da educação.

“Na visita, os membros da Casa Cultural, juntamente com a equipe administrativa do município, traçaram planos e projetos de melhorias sociais para nosso município”, comentou Dr Junior, como é conhecido o prefeito.

A CCIAO realiza o trabalho cultural na defesa dos direitos humanos, antirracismo, respeito à diversidade sociocultural e religiosa e a defesa de grupos minoritários e faz parte do grupo de ong’s selecionadas pelo programa Criança Esperança, idealizado pela Rede Globo de televisão em parceria com a Unesco.

“A parceria entre a CCIAO e o governo de Pedras de Fogo trará ao nosso município resultados de fortalecimento da correlação aluno-escola, além de melhorar o desempenho escolar dos alunos nos anos finais do ensino fundamental da rede pública municipal e também capacitação dos educandos, através da cultura digital, linguagem e inserção qualificada da juventude no mercado de trabalho e primeiro emprego”, declarou o prefeito.

Para a execução das atividades do CCIAO na cidade, a Prefeitura irá disponibilizar espaço para o desenvolvimento das atividades desenvolvidas no projeto, salas de apoio para ser utilizado em monitoramento e gestão compartilhada, articulação com as secretarias municipais definidas no projeto e sistematização das ações.

 

 

Blog do Cristiano Teixeira

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *