Presidente do PT na Paraíba coloca restrições para apoio de João Azevêdo a Lula

O presidente do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, Jackson Macêdo, em entrevista ao programa Arapuan Verdade, desta quarta-feira (22), falou sobre limitações impostas pela legislação eleitoral que impedem o uso da imagem de Lula por outros candidatos que não estejam na chapa do PT e MDB para as eleições de outubro, no estado, embora João Azevêdo seja do mesmo partido de Geraldo Alckmin, pré-candidato a vice-presidente na chapa nacional com Lula.

Segundo ele, o governador João Azevêdo que tenta a reeleição na chapa do PSB terá restrições para usar a imagem de Lula, pré-candidato à presidência pelo PT.

“João Azevêdo não vai poder usar a imagem de Lula em guia eleitoral na campanha. O PT está com a chapa do MDB, ele pode pedir voto, mas não usar imagem de Lula. A partir do momento que a ata da convenção do PT apoia a candidatura do MDB, nenhum filiado do partido poderá aparecer no guia eleitoral ou estar em material gráfico de um candidato diferente da coligação estadual realizada pelo partido. Não sou eu que estou dizendo, é a legislação que diz”, destacou.

“João Azevêdo pode fazer campanha e pedir voto para Lula, mas não pode usar no guia eleitoral, nem nos santinhos, a imagem de Lula”, complementou durante a entrevista acompanhada pelo ClickPB.

A chapa do PT na Paraíba está com o MDB, que tem o senador Veneziano como candidato ao governo e o ex-governador Ricardo Coutinho para o Senado.

Esse impasse sobre os diversos palanques que se oferecem para ter Lula no palco acontece em todo o país. Segundo o presidente Lula, em entrevistas veiculadas na mídia nacional, todos os apoios são bem-vindos para vencer as eleições em outubro.

 

 

Click PB

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.