Rio Grande do Norte registra 8 tremores de terra em 24 horas; um deles chegou a 3,7 graus

A terra voltou a tremer no estado do Rio Grande do Norte nesta segunda-feira (1º), ao todo foram oito tremores de terra em 24 horas no estado, de acordo com o Laboratório Sismológico da UFRN (LabSis). Os abalos sísmicos aconteceram entre 0h34 de domingo (31) e 0h10 desta segunda-feira (1º). Pelo menos dois desses tremores foram sentidos pela população de algumas cidades do estado.

Os abalos já vinham sendo sentidos anteriormente. Na tarde de domingo (16h05 horário local), foi registrado um evento sísmico de magnitude preliminar calculada em 3.7 mR. Diversas pessoas, incluindo moradores da capital potiguar, relataram sentir o tremor de terra, inclusive publicando em suas redes sociais sobre o ocorrido.

No início da madrugada, às 3h34 UTC (0h34, hora local), outro tremor, desta vez de magnitude preliminar 2.4 mR, também foi registrado pelo LabSis/UFRN no litoral do estado do Rio Grande do Norte. Segundo informações recebidas via Whatsapp, o tremor de terra foi sentido por moradores das regiões de Maxaranguape e Maracajaú.

O Laboratório Sismológico segue monitorando e divulgando toda atividade sísmica que ocorra no estado do Rio Grande do Norte e também da região Nordeste do país.

O maior tremor de terra já registrado no RN aconteceu em 30 de novembro de 1986. O abalo sísmico de magnitude 5.1 fez casas desabarem e milhares moradores deixarem a cidade de João Câmara.

Veja a reação de internautas

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.