Segundo lugar da lista tríplice pede a Bolsonaro para ser nomeado reitor da UFCG e diz que trabalhará ”nos moldes do Governo Federal”

Em segundo lugar na lista tríplice da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), os professores John Kennedy Guedes e Marcus Vinícius gravaram um vídeo em que pedem ao presidente Jair Bolsonaro para serem nomeados reitor e vice-reitor, respectivamente, da instituição. John Kennedy afirma querer trabalhar nos ”moldes da administração do Governo Federal, com a mesma indicação de honra, respeito à família e princípios éticos”.

No vídeo, o professor John Kennedy fez questão de frisar a proximidade que tem com o exército brasileiro, afirmando que já formou vários mestres no Grupamento de Engenharia de João Pessoa e que também atua como consultor do Exército nas obras da Transamazônica, em Cabedelo.

Já o professor Marcus Vinícius afirma querer dar a UFCG a experiência de uma administração nos moldes que o Governo Federal tem implantado no pais. Ele também citou a aproximação com o exército brasileiro, dizendo inclusive o nome de diversos generais com quem trabalhou em projetos de telemedicina e no Hospital das Forças Armadas.

A escolha de reitores pelo presidente Jair Bolsonaro tem causado polêmica em diversas instituições de ensino por todo o país, porque o presidente quebrou a tradição que havia de sempre nomear o primeiro colocado da lista, ou seja, o mais votado. No caso da Universidade Federal da Paraíba, por exemplo, o reitor nomeado foi o menos votado e aparecia em terceiro lugar.

Após um longo debate que acabou sendo levado à Justiça, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que Bolsonaro não é obrigado a nomear o primeiro colocado da lista, podendo escolher qualquer um dos três nomes enviados pelas universidades.

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *