Seleção Brasileira goleia o Chile no Maracanã e segue invicta nas eliminatórias da Copa

A Seleção Brasileira goleou o Chile por 4 a 0, na noite desta quinta-feira (24), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 17ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. Com o triunfo, o Brasil permanece invicto e na liderança do torneio, com 42 pontos conquistados. A Seleção Chilena fica em sétimo lugar, com 19 pontos.

O jogo

A Seleção Brasileira dominou o primeiro tempo no Maracanã. Aos seis minutos, Neymar cobrou falta pela esquerda e a barreira desviou. Aos 12, foi a vez de Arana cobrar falta e a zaga chilena cortar para escanteio. Buscando o primeiro gol, o Brasil assustou o Chile novamente aos 22 minutos. Thiago Silva aproveitou cruzamento de Neymar e cabeceou firme exigindo boa defesa do goleiro Bravo.

No fim da primeira etapa, a Canarinho ficou mais ofensiva. Antony, aos 35, aproveitou sobra e finalizou forte pela linha de fundo. Um minuto depois, Neymar bateu e Bravo defendeu. Aos 38, Guilherme Arana também incomodou o goleiro chileno em chute de fora da área. Bravo espalmou para escanteio.

O Brasil abriu o placar aos 43 minutos. De pênalti, Neymar deslocou o goleiro e fez o primeiro da Seleção no Maracanã. Dois minutos depois, Vini ampliou o placar. Antony aproveitou saída de bola errada do Chile e fez o lançamento. Neymar deixou passar e Vini ficou com a bola. O atacante invadiu a área e chutou cruzado sem chance de defesa.

A Seleção Brasileira soube controlar as ações no segundo tempo e transformou o bom resultado em goleada em casa. Aos 12 minutos, Antony quase fez o terceiro ao trocar por cima de Bravo. Aos 26, coube a Philippe Coutinho ampliar. De pênalti, o meia superou Bravo.

No fim do jogo, aos 45 minutos, o Brasil completou a festa da torcida no Maracanã. Richarlison recebeu passe de Bruno Guimarães, cortou para o meio e chutou bonito para dar números finais à partida: Brasil 4 a 0 no Chile.

Brasil: Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Guilherme Arana; Casemiro (Bruno Guimarães), Fred (Fabinho) e Lucas Paqueta (Coutinho); Antony, Neymar Jr. e Vini Jr. Técnico: Tite.

 

 

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.