Temendo poluição moradores de Curral Velho estocam água

Moradores de Curral Velho (PB) estão apreensivos com a qualidade duvidosa da água que está saindo das torneiras. Muitos estão buscando o líquido em outras fontes e estocando em baldes.

Em contato com o Diamante Online, um popular afirmou que a água está poluída e que é inapropriada para consumo, pois dentro do açude Bruscas, que abastece o município, há suspeitas de esgotos desaguando dentro.

Um estudo feito pelo químico Cícero Romero, que está graduando em mestrado pela UFCG, confirmou que água do referido manancial não está própria para consumo. A análise foi desenvolvida por meio dos parâmetros físico-químicos das amostras colhidas em março e junho de 2021.

Para o estudo, foram realizadas medições dos parâmetros pH, condutividade, alcalinidade, dureza, turbidez, cloretos e emissão atômica de sódio e potássio. Confira:

Foi possível observar que, dentre as amostras analisadas, as denominadas Ilha, Lira, Meio e Parede, coletadas em junho, apresentaram valores de pH não compreendidos dentro dos valores estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Com relação à turbidez, somente a amostra Parede, colhida em março, ultrapassou o valor máximo permitido. No tocante aos demais parâmetros, as amostras Ilha, Lira, Meio, Parede, Sangrador e Torneira, coletadas nos dois períodos, apresentaram valores aceitáveis para potabilidade. Com base nos dados obtidos constatou-se que as águas provenientes do açude Bruscas não se encontravam aptas para o consumo humano.

O serviço hídrico de Curral Velho não é gerenciado pela Cagepa. Segundo moradores, o motivo da concessionária não ter diretório no município é o baixo número de habitantes.

A redação do DiamanteOnline tentou entrar em contato com a gerência regional para saber as razões da não implantação na cidade, no entanto não obteve resultados.

O e-mail agenciadiamanteonline@gmail.com está disponível para uma possível posição da estatal.

 

 

 

Diamante Online

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.