Tribunal Superior Eleitoral mostra Ricardo com registro indeferido ao Senado

O Sistema de informações das candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Divulgacand, já mostra o ex-governador Ricardo Coutinho (PT) com registro indeferido para para disputar mandato de senador nas eleições 2022.

O TSE também apresenta como motivo para a situação do ex-gestor não conseguir registro ao fato de Ricardo Coutinho ter sido condenado por abuso de poder político nas eleições de 2014, que o tornou inelegível por meio de pena aplicada pela Corte. O pedido de registro de candidatura de Ricardo foi julgado na última sexta-feira (11), no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

Os membros da corte negaram o registro ao petista após impugnação da candidatura pelo do Ministério Público Eleitoral (MPE). Ricardo Coutinho e o PT seguem com a campanha enquanto esperam julgamento de recursos no Supremo Tribunal Federal (STF) e TSE.

Com o indeferimento da candidatura de Ricardo, os suplentes de senador na chapa, Jeová Campos (PT) e Alexandre Santiago, também tiveram registros negados apesar de estarem em condições legais para o pleito.

Na Paraíba, Ricardo forma chapa com o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) que disputa o Governo do Estado tendo Maísa Cartaxo (PT) como vice.

 

 

Portal Paraíba

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.