Único cinema de rua da Paraíba corre risco de fechar por conta da pandemia e dono faz campanha para arrecadar doações e manter funcionamento

O mecânico e exibidor de filmes Regilson Cavalcante fez um relato nas redes sociais em que alega que o Cine RT, na cidade de Remígio, corre risco de fechar. O local é conhecido por ser o último cinema de rua ainda existente na Paraíba e para se manter funcionando é preciso ajuda financeira diante de problemas acarretados pela pandemia.

De acordo com o depoimento de Regilson, alguns dos problemas técnicos que surgiram durante os últimos meses, como no projetor, não puderam ser resolvidos devido a falta de receita e pelo contrato suspenso com a Prefeitura.

“Fiz acordo com o proprietário do imóvel em relação ao valor do aluguel, mas está difícil manter o pagamento em dia, pois minha fonte de renda vem apenas da minha oficina mecânica para arcar com todas as despesas, tanto minhas quanto as do cinema”, disse.

 

Para pedir ajuda, Regilson fez uma campanha de doação e quem quiser contribuir deve acessar o link da vaquinha virtual: https://www.vakinha.com.br/vaq…. A meta é arrecadar R$ 50 mil para o conserto do projetor e quitar as dívidas.

O Cine RT foi criado em 2012 e já realizou diversos festivais de cinema. Em 2018, o local foi homenageado na Expocine, que é considerada a maior convenção da indústria cinematográfica da América do Sul e segunda maior do gênero no mundo, em número de participantes.

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *