Vaticano autoriza início de processo de beatificação de Padre Cícero

O bispo da diocese do Crato (CE), Dom Magnus Henrique Lopes,anunciou, durante uma missa realizada na manhã deste sábado (20), que o Vaticano autorizou o processo de beatificação do padre Cícero Romão Batista.

“Queridos filhos e filhas da Diocese do Crato, romeiros de todo Brasil, é com grande alegria que eu vos comunico nesta manhã histórica que recebemos oficialmente da Santa Sé, por determinação do santo padre, o papa Francisco, uma carta do dicastério para a causa dos santos, datada do dia 24 de junho de 2022. Recebemos a autorização para a abertura do processo de beatificação do padre Cícero Romão Batista que, a partir de agora, receberá o título de servo de Deus”, disse Dom Magnus Henrique Lopes durante a cerimônia religiosa, de acordo com o G1.

O pedido para a autorização do início de beatificação do padre Cícero foi solicitado por Dom Magnus em maio deste ano, por meio de uma carta entregue ao papa Francisco. Em 2015, o Vaticano já havia atendido um pedido do bispo Dom Fernando Panico para reconciliar o  padre Cícero com a igreja católica. Com a reconciliação, os impedimentos então existentes para a instalação de um processo de beatificação foram derrubados.

O Padre Cícero, que faleceu em 1934, rompeu com o Vaticano devido ao seu envolvimento com a política e pelo que ficou conhecido como o “milagre da hóstia”, que segundo a crença popular, teria virado sangue na boca de uma beata.

 

 

Wscom

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.