Volume de vendas na Paraíba registra maior alta do país em setembro, mostra IBGE

O volume de vendas do comércio varejista na Paraíba registrou a maior alta do país, em setembro, frente a agosto, de acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada nesta quarta-feira (9), pelo IBGE. O crescimento de 4,5% ficou acima da média brasileira (1,1%).

O movimento de alta foi acompanhado pela receita nominal do setor, que também apresentou o maior aumento do Brasil, de 4%, superior à média nacional (0,2%). Os indicadores compõem o segundo resultado positivo consecutivo, após terem sido registrados índices negativos no volume (-1,4%) e na receita (-1,3%), no mês de julho.

No acumulado de 12 meses, foi identificado avanço de 2,6% no volume de vendas paraibano e de 16,5%, na receita nominal. Ambos os percentuais ocuparam a 8ª posição entre todas as unidades da federação do país e a 2ª entre as do Nordeste, atrás apenas de Alagoas, que apresentou índices de 2,9% e 17,3%, respectivamente.

Já em relação à variação acumulada no ano até então, em comparação ao mesmo período de 2021, o volume de vendas no estado teve alta de 8,4%, a 2ª maior do país. A receita nominal, por sua vez, cresceu 22,5%. Os indicadores foram superiores aos verificados na média do país, tanto no primeiro caso (0,8%), como no segundo (15,5%).

Varejo ampliado

No comércio varejista ampliado paraibano – que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção – houve alta de 2,5% no volume de vendas e na receita nominal do ramo, em setembro, em comparação a agosto. Nos dois índices, a variação foi a 2ª maior do Brasil, acima também da média nacional, que foi de 1,5% e de 1%, respectivamente.

 

 

Click PB

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.