colegio mesquita

Catingueira poderá perder caçamba por pendência em documentação da Câmara; Justiça dá 5 dias ao legislativo

Catingueira poderá perder caçamba por pendência em documentação da Câmara; Justiça dá 5 dias ao legislativo

Destaque Vale
Joaquim
22 de dezembro de 2022
3

A gestão do prefeito Suélio Félix, de Catingueira, está preocupada com a situação de uma documentação que a Câmara Municipal não regularizou e, sem essa documentação, o município poderá perder um convênio que seria utilizado para a aquisição de uma nova caçamba para a cidade.

Faltando apenas cinco dias para o vencimento do convênio, tratativas foram feitas na Câmara, mas não houve êxito. A procuradoria da prefeitura tentou organizar as questões e viabilizar o convênio, mas a prefeitura corre risco de ficar sem os recursos para a compra da caçamba.

A gestão acionou a Justiça, que deu prazo de cinco dias para que o atual presidente da Câmara, Leoberto Marques, se pronucie e regularize a documentação para que a prefeitura não perca os recursos do convênio. Em caso de descumprimento, a Câmara terá de pagar multa diária de R$ 1.000,00.

De acordo com a prefeitura, desde janeiro de 2022 que vem tentando resolver a problemática, mas como não houve acordo, foi necessário procurar a Justiça para que o problema fosse resolvido.

O outro lado

A reportagem do Blog do Jordan Bezerra ouviu o presidente da Câmara, o vereador Leoberto, que afirmou não ter sido notificado pela Justiça. Segundo ele, já conversou com a equipe responsável pela documentação na Câmara, que determinou que se faça o possível para que a documentação seja resolvida.

Ainda segundo o vereador, não estava sabendo do problema envolvendo a documentação, mas garantiu que tudo será resolvido dentro do prazo, evitando prejuízos para a prefeitura, para a Câmara e para o povo de Catingueira.

 

Blog do Jordan Bezerra | Política 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.