Cidade da Advocacia: 86% dos advogados paraibanos aprovam construção da nova sede da OAB-PB

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, e candidato a conselheiro federal da OAB nas eleições do próximo dia 18, rebateu, neste domingo (14), as críticas infundadas de setores da oposição, ao projeto da Cidade da Advocacia, que integrará, num só local, a sede da OAB-PB, dependências da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-PB), do Tribunal de Ética e Disciplina (TED), e da Escola Superior da Advocacia (Nova ESA). O terreno de 6.835,21 m² fica localizado no bairro do Altiplano, em João Pessoa (PB), foi adquirido com recursos exclusivos ldo Conselho Federal da OAB.

Paulo Maia lembra que, para desespero dos oposicionistas, o projeto avança a cada dia. E que o projeto da Cidade da Advocacia teve aprovação de 86,8% da classe em pesquisa formulada em março último. “A Cidade da Advocacia é uma das maiores conquistas da advocacia do nosso estado, nos últimos anos. Nosso estado era o único do Nordeste que ainda não tinha uma sede digna e compatível com as novas exigências da advocacia do nosso Estado”, completou.

O presidente explicou que depois de muita luta a atual gestão conseguiu junto ao Conselho Federal da OAB a obtenção dos recursos para adquirir o terreno por R$ 4,3 mi. “A Paraíba foi contemplada com recursos do Conselho Federal para compra de terreno e construção da sede administrativa nova e área de lazer para a advocacia”, sustentou.

“Uma obra dessa magnitude tem um ciclo de projetos e licenças que levam tempo. Se você for agora no site da OAB, vai encontrar matérias que fazem alusão ao desenvolvimento dos projetos da obra de forma completamente transparente. Na última sexta-feira (12), os escritórios Paulo Macedo Arquitetura e FCabral Arquitetura, responsáveis pelo projeto, apresentaram a maquete eletrônica da Cidade da Advocacia, dentro das fases do projeto estabelecidas no contrato”, acrescentou

Paulo Maia disse também que é preciso acabar com esse tipo de baixa-estima e autofagia depreciativa de alguns (viralatismo), que acham que a advocacia não merece um espaço digno, a altura de sua importância no sistema de Justiça. A Cidade da Advocacia confere importância e dignidade à altura de nossa missão”, afirmou.

O presidente também ironizou a turma do quanto pior melhor, que visa apenas interesses pessoais na política da Ordem, em detrimento dos anseios da coletividade. “Se você me pedir um conselho eu te digo caríssimo advogado: Para essas pessoas adeptas do quanto pior melhor e que fazem denuncismo barato e vazio, com um sorriso no rosto, evite”, declarou.

Já a atual sede da OAB-PB, localizada na Rua Rodrigues de Aquino, Centro de João Pessoa, continuará funcionando como suporte, com salas de coworking, e continuidade do Espaço da Advocacia, para atender serviços imediatos e de urgência.

Estrutura

A área de expansão da cidade de João Pessoa teve como premissas acomodar, em seu programa de necessidades, todas as atividades oferecidas pelo sistema OAB na Paraíba, de forma a oferecer aos seus usuários espaços integrados que acomodem as demandas institucionais, ofereçam conforto, bem-estar e lazer.

O edifício busca uma integração direta com a cidade, sem muros ou limites físicos, de forma a oferecer acesso direto aos transeuntes e também gentilezas urbanas, ou apenas melhor visibilidade de sua arquitetura para quem passa pelas avenidas onde ele está inserido. Além disso, optou-se por uma arquitetura que valorize parcialmente a transparência das atividades que se desenvolvem no edifício, ideia preconizada pelas melhores práticas das atividades institucionais, onde o objetivo é a integração dos usuários e suas funções para melhor desempenho das atividades institucionais.

O projeto com aproximadamente 4.000,00 m² de área construída acomodará a maioria dos espaços do terreno de 6. 835,21 m² e será dividido em setores que se distribuirão em três pavimentos. No térreo estarão locados os acessos sociais, recepções, foyer, acesso ao auditório e parte da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA). No primeiro e segundo pavimento estarão locados, além da CAA, o Tribunal de Ética e Disciplina, a Escola Superior da Advocacia e a OAB-PB.

A Cidade da Advocacia terá também dois pavimentos de estacionamentos, auditório e espaços destinados ao lazer – campo de futebol society, quadras de beach tenis, piscina, respectivos apoios, terraços para contemplação, dentre outros.

“Um sonho antigo que se tornará em breve realidade, que tem a aprovação da esmagadora maioria da advocacia paraibana.”

 

Assessoria

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *