Desembargador João Benedito é eleito, por unanimidade, para presidir Tribunal de Justiça da Paraíba

O desembargador João Benedito da Silva foi eleito por unanimidade para presidir o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) no biênio 2023/2024. A eleição ocorreu na tarde desta quarta-feira (9) durante a 17ª sessão ordinária administrativa da Corte, realizada de forma virtual.

“Quero trabalhar pelo bem do Tribunal de Justiça e pelo bem do jurisdicionado. Essa é uma batalha em que todos saíram ganhando. O que temos é uma união de forças pelo bem da magistratura estadual. Prometo trabalho e união”, afirmou o desembargador João Benedito da Silva.

Benedito vai conduzir o Poder Judiciário da Paraíba no próximo biênio, após encerramento do mandato do atual presidente, desembargador Saulo Benevides de Sá.

Na sessão também foram escolhidos os desembargadores Marcos William de Oliveira, como vice-presidente do TJPB; e Carlos Martins Beltrão Filho, que agora passa a ser o novo Corregedor-Geral de Justiça. Já o desembargador Ricardo Vital foi escolhido para presidir a Escola Superior de Magistratura (ESMA) e o desembargador Joás de Brito a Ouvidoria-Geral.

A nova Mesa Diretora do TJPB irá tomar posse no começo de 2023.

Sobre o novo presidente

Natural de Aliança-PE, João Benedito da Silva ingressou na magistratura em agosto de 1984, designado para a unidade judiciária de São José de Piranhas. Atuou, ainda, antes de vir para a comarca de João Pessoa, em Queimadas, Princesa Isabel e Campina Grande.

Por diversas vezes substituiu, no Tribunal Pleno, os desembargadores Plínio Leite Fontes, Antônio de Pádua Lima Montenegro, Genésio Gomes Pereira Filho, Francisco Seráphico da Nóbrega Neto e Saulo Henriques de Sá e Benevides.

O magistrado também foi convocado para integrar a Segunda e Quarta Câmaras Cíveis, órgão fracionário do Tribunal. Ele ainda integrou a Comissão Dirigente do 50º Concurso de Juiz Substituto do Estado. Em 2007, foi eleito para a vaga de Membro Efetivo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Benedito é casado com a defensora pública do Estado Maria da Glória Oliveira e tem três filhos: João Gustavo, Maria Gabriela e Antônio Manoel.

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.