EUA afirmam ter matado líder do Kataib Hezbollah

EUA afirmam ter matado líder do Kataib Hezbollah

Mundo
Joaquim
8 de fevereiro de 2024
22

Os Estados Unidos afirmaram nesta quarta-feira, 7, que mataram o líder da mílicia pró-iraniana Kataib Hezbollah durante um bombardeiro no leste de Bagdá. A informação foi confirmada pelo Comando Central das Forças Armadas dos Estados Unidos (Centcom). O nome do comandante não foi divulgado, mas a Centcom diz que ele era “diretamente responsável” pelo planejamento dos ataques do Kataib Hezbollah contra soldados americanos no Oriente Médio.

Antes do anúncio dos EUA, a polícia de Bagdá já havia informada à EFE que pelo menos três pessoas teriam morrido no ataque ocorrido nesta quarta-feira. O Centcom não citou o nome das outras duas pessoas supostamente mortas no bombardeio, dizendo apenas que “não há indicação de danos colaterais ou vítimas civis até o momento”, contudo, a polícia de Bagdá disse que o ataque matou Baqir al Saadi e Arkan al Alaywi, membros do Kata’ib Hezbollah, além de uma terceira pessoa, cuja identidade ainda não é conhecida e que supostamente pertence ao movimento Al Nujaba.

Os EUA não informaram, no entanto, se o ataque foi avisado ao governo do Iraque que ocorreu em seu território. A ação do governo americano em 2 de fevereiro contra a mílicia Moltidão Popular não foi anunciado e o governo iraquiano descreveu o ato como uma violação da soberania do país. Este novo bombardeiro ocorre em meio às negociações do Itaque com os EUA para estabelecer um cronograma a para a presença de tropas estrangeiras no país árabe, o que poderia finalizar a missão da coalização internacional contra o grupo Estado Islâmico após uma década de operações.

 

AFPiraque Pessoas reunidas ao redor do veículo que foi atingido por um drone dos EUA; ataque matou três pessoas

 

*Com informações da EFE

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.