Fim de semana tem Opera Paraíba itinerante em 10 cidades do Litoral ao Sertão

Fim de semana tem Opera Paraíba itinerante em 10 cidades do Litoral ao Sertão

Paraíba
Joaquim
22 de março de 2024
21

O programa Opera Paraíba vai atender, neste sábado (23) e domingo (24), a população de 10 cidades do estado, contemplando mais de 500 pessoas em apenas dois dias de ação itinerante. As cirurgias vão ser realizadas nos hospitais gerenciados pelo Governo do Estado, em cidades que contemplam a Paraíba do Litoral ao Sertão: João Pessoa, Mamanguape, Itabaiana, Belém, Campina Grande, Queimadas, Solânea, Patos, Sousa e Itaporanga.

O programa Opera Paraíba foi criado em 2019, pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), com a proposta de facilitar o acesso da população paraibana às cirurgias eletivas, diminuindo o tempo aguardado na fila de espera.

As especialidades atendidas durante os dois dias são de cirurgias gerais, como hérnia e vesícula, ginecológicas, como os procedimentos de histerectomia, e oftalmológicas, como as cirurgias de catarata e pterígio.

Atendendo a proposta de interiorização da assistência de saúde que vem sendo implementada pelo Governo do Estado, o Opera Paraíba está presente em 28 hospitais da rede estadual de saúde, pactuados para a realização das cirurgias pelo programa, seja de forma regular ou itinerante.

Para o secretário de saúde da Paraíba, Jhony Bezerra, a meta é expandir a quantidade de procedimentos e especialidades ofertadas. “Nosso objetivo é ampliar os investimentos para assim aumentar a capacidade de execução do programa, com a realização de mais procedimentos e implantação de novas especialidades. O povo paraibano merece ter acesso à saúde de qualidade e com eficiência,” destacou.

Para participar do programa é necessário que o usuário tenha indicação cirúrgica e encaminhe os exames e documentos necessários à Secretária de Saúde de seu município ou realize o cadastro no site operaparaiba.pb.gov.br.

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.