Gêmeos mais prematuros do mundo completam 1 ano

Gêmeos mais prematuros do mundo completam 1 ano

Mundo
Joaquim
6 de março de 2023
70

“Nada poderia ser feito para salvar os gêmeos”. Foi o que a canadense Shakina Rajendram escutou dos médicos quando entrou em trabalho de parto com apenas 21 semanas e cinco dias, ou seja, pouco mais de cinco meses de gestação. Os profissionais chegaram a dizer para ela que os bebês tinham 0% de chance de sobrevivência. Mas contrariando as evidências, as duas crianças nasceram e este mês completaram um ano de vida. Eles são os gêmeos mais prematuros a conseguirem sobreviver e devido ao feito entraram para o livro dos recordes.

Adiah Laelynn e Adrial Luka Nadarajah vivem em Ontário, no Canadá, e nasceram 126 dias antes do previsto, em 4 de março de 2022. Juntos, os dois pesavam apenas 750 gramas (Adiah 330 g e Adrial 420 g). O recorde anterior era dos gêmeos Keeley e Kambry Ewoldt, que nasceram em 2018 nos Estados Unidos, 125 dias antes do previsto.

Os bebês canadenses nasceram exatamente com 22 semanas, o que fez com que os médicos tentassem salvar a vida deles. “Quando entrei em trabalho de parto, foram negadas aos bebês todas as medidas de suporte à vida no hospital em que fui internada e quase deixadas para morrer”, disse Shakira em entrevista ao livro dos recordes. Para os bebês, só foi oferecido o cuidado de conforto, em que eles seriam colocados sobre a mãe até que parassem de respirar.

 

 

Correio Braziliense

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.