Governador de Pernambuco diz que não irá encontrar Bolsonaro e que não recebeu notificação oficial sobre a visita do presidente a Recife

Após as fortes chuvas que acometeram a região de Recife nos últimos dias, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), informou, através das redes sociais que irá a Recife nesta segunda-feira para se “inteirar da tragédia” .

“Na manhã de segunda me deslocarei para Recife para, in loco, melhor se inteirar da tragédia”, escreveu Bolsonaro em publicação no Twitter.

O estado contabilizou, até agora, 35 mortes. Na Região Metropolitana, foram registradas 30 apenas no sábado. As maiores vítimas foram no Jardim Monteverde, Zona Sul do Recife, onde foram contabilizadas 20 mortes.

Em coletiva de imprensa neste domingo (29), o governador do Estado, Paulo Câmara (PSB), disse não ser possível estar presente em algum encontro com o chefe do executivo nacional. Segundo o socialista “nada oficialmente” foi recebido pelo Estado sobre a vinda de Bolsonaro.

“Tivemos a notícia da vinda do presidente amanhã. Não recebemos nada oficial, efetivamente. Diante da não confirmação oficial, a gente não tem como estar presente”, disse Câmara na coletiva.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), disponibilizou por meio de medidas provisórias cerca de R$ 1 bilhão para ações de socorro e que poderão, também, “ser utilizados para reconstrução de infraestrutura pública e casas destruídas em razão das chuvas”, de acordo com nota enviada à imprensa pela pasta.

 

 

Monica Melo

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.