Ipespe/Abrapel: Lula tem 44%, Bolsonaro, 36%, Ciro, 8%, e Tebet, 5%

Em pesquisa divulgada neste sábado (10) pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 44% das intenções de voto para a presidência. A menos de um mês das eleições, Jair Bolsonaro (PL) tem 36% e aparece na segunda colocação na corrida ao Planalto.

Os dados apontam que o candidato à reeleição oscilou positivamente em relação à pesquisa anterior, divulgada em 3 de setembro, quando tinha 35% das intenções. Lula manteve-se estável. A variação de Bolsonaro, no entanto, está dentro da margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais.

Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) vêm na sequência, empatados dentro da margem de erro, com 8% e 5% das intenções de voto, respectivamente. Felipe D’Ávila (Novo) e Soraya Thronicke (União Brasil) têm 1% das intenções, cada.

A pesquisa do Ipespe foi feita em parceria com a Associação Brasileira de Pesquisadores Eleitorais (Abrapel) e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo BR-07606/2022.

Foram entrevistadas 1.100 pessoas de todas as regiões do Brasil entre os dias 7 e 9 de setembro, após as manifestações do feriado da Independência, portanto. Os dados apresentados nesta matéria foram das pesquisas estimuladas, quando o entrevistador elenca os nomes dos candidatos.

Segundo turno
Em um eventual segundo turno, a pesquisa do Ipespe aponta Lula com 52% das intenções de voto contra 39% de Jair Bolsonaro. Votariam em branco ou anulariam o voto, 7% dos entrevistados e 2% não respondeu ou disse não saber em quem votar.

Em relação à pesquisa Ipespe da semana passada, Bolsonaro oscilou positivamente em 1 ponto, enquanto Lula perdeu 1% das menções. Ambas as variações estão dentro da margem de erro.

 

 

 

IG

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.