Itamaraty chama embaixador húngaro para conversas após estadia de Bolsonaro

Itamaraty chama embaixador húngaro para conversas após estadia de Bolsonaro

Brasil Destaque
Joaquim
26 de março de 2024
24

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) chamou o embaixador húngaro no Brasil, Miklós Halmai, para conversas após o jornal americano The New York Times revelar que o ex-presidente Jair Bolsonaro ficou hospedado dois dias na embaixada do país em Brasília logo após ter o passaporte apreendido.

Halmai se reuniu com a titular da Secretaria de Europa e América do Norte, Maria Luisa Escorel. O Palácio do Planalto também foi comunicado sobre a reunião.

As informações foram publicadas pelo jornal nesta segunda-feira (25). A estadia ocorreu entre os dias 12 e 14 de fevereiro — no dia 8 daquele mês, Bolsonaro havia sido alvo de uma operação da Polícia Federal sobre a suposta tentativa de golpe de estado. Na operação, policiais federais apreenderam o passaporte do ex-presidente no escritório do Partido Liberal. (PL).

Os advogados do ex-presidente confirmaram a presença de Bolsonaro na embaixada a “convite” e que ele conversou com diversas autoridades “atualizando os cenários políticos das duas nações”. a A Polícia Federal (PF) vai apurar as circunstâncias da visita. O ex-presidente não poderia ser preso em uma embaixada estrangeira que o recepcionasse, uma vez que esses endereços estão legalmente fora da área de atuação das autoridades locais.

 

MaisPB

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.