Justiça revoga prisão de jovem acusada de envenenar policial

Justiça revoga prisão de jovem acusada de envenenar policial

Policial
Joaquim
27 de janeiro de 2024
20

A Justiça decidiu pela revogação da prisão da jovem de 23 anos, acusada de envenenar um cabo da Polícia Militar em Bayeux, com quem mantinha um relacionamento, no desfecho da manhã desta sexta-feira (26). A mulher teria usado veneno popularmente conhecido como ‘chumbinho’.

A suspeita estava detida desde o dia 18 de janeiro na penitenciária de reeducação feminina Maria Júlia Maranhão, sob a acusação de tentativa de homicídio. A investigação apontava que o crime teria sido premeditado, motivado pela não aceitação do término do relacionamento.

O cabo Gomes, vítima do suposto envenenamento, percebeu algo suspeito no fundo da garrafa enquanto consumia água. Suspeitando de envenenamento, buscou socorro no Hospital de Emergência e Trauma, onde recebeu atendimento médico e os primeiros socorros.

A defesa da acusada argumentou a falta de provas suficientes, contestando o crime de tentativa de homicídio com uso de veneno. O Ministério Público da Paraíba também pleiteou a revogação da prisão, ressaltando a ausência de perícia na garrafa, o que impossibilitou a comprovação do suposto crime.

Alegando inocência, a jovem deixou a unidade prisional acompanhada de seu advogado após a decisão judicial. O caso permanece em evidência, levantando questões sobre a investigação em andamento e a necessidade de esclarecimentos adicionais.

 

Portal Paraíba

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.