Ministra do Supremo determina que Bolsonaro explique motivos do bloqueio de jornalistas em rede social

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) terá que explicar o bloqueio de jornalistas em redes sociais. A decisão é da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, que deu dez dias para ele se manifestar.

A ação foi apresentada pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) na última quarta-feira (25). Segundo a Abraji, desde 2018, 65 jornalistas foram bloqueados da conta oficial do presidente da República no Twitter, sendo 13 desses bloqueios em 2021.

Na ação, a associação afirma ainda que “a conta de Bolsonaro no Twitter é de interesse público, na medida em que se caracteriza como canal de veiculação de atos praticados pelo Poder Executivo e a restrição ao acesso é mais dramática quando se refere a jornalistas que têm, no acesso à informação, a principal ferramenta de trabalho”.

 

 

Paraiba.com.br

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.