OAB-PB e ABRACRIM discutem parcerias em prol da advocacia criminal

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Harrison Targino; e o presidente da presidente da Comissão de Justiça Criminal da OAB-PB, Júnior Moura, se reuniram, na tarde desta quarta-feira (13), com o presidente em exercício da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (ABRACRIM), Sheyner Asfora; e com o presidente da ABRACRIM na Paraíba, Rafael Vilhena, para discutir parcerias em favor da atuação dos advogados criminalistas do Estado.

Também participaram da reunião o secretário-geral da ABRACRIM-PB, Arthur Asfora; o procurador de Prerrogativas, José Luiz Queiroz Neto; e o diretor de Assuntos Institucionais, Carlos Pessoa de Aquino.

O presidente da OAB-PB, Harrison Targino, considerou a reunião extremamente positiva e destacou a experiência e o espírito combativo dos colegas criminalistas na luta em defesa dos advogados e advogadas paraibanos, militantes da advocacia criminal e em favor dos direitos humanos. “Tive a felicidade de receber a visita da ABRACRIM, por sua direção e colegas advogados criminalistas, para discutirmos os dilemas da advocacia criminalista e algumas atuações que iremos fazer conjuntamente, em favor de lutas comuns da advocacia e da sociedade”, afirmou.

o presidente em exercício da ABRACRIM Nacional, Sheyner Asfora, disse que a visita ao presidente Harisson Targino foi muito proveitosa, sobretudo por ter apresentado os encaminhamentos da classe. “O presidente Harrison Targino foi muito receptivo, tem conhecimento de causa dos problemas enfrentados pela advocacia criminal e com toda sua sensibilidade ele encampou todas as nossas sugestões para dar mais dignidade e valorização a advocacia criminal paraibana. É uma honra está aqui e agradeço a todos que fazem a OAB-PB”, declarou.

O presidente da presidente da Comissão de Justiça Criminal da OAB-PB, Júnior Moura, destacou a relevância do debate e parcerias da Ordem com a ABRACRIM para ouvir todas as demandas da advocacia criminalista e, consequentemente, reivindicar junto aos Poderes e as Instituições os reclames, que são essenciais a boa prática dos profissionais da área e que refletem em favor da sociedade.

Na oportunidade, o presidente da ABRACRIM na Paraíba, Rafael Vilhena, convidou o presidente Harisson Targino para estar presente no encontro de advocacia brasileira criminal, que acontecerá em setembro. “Também debatemos assuntos de interesse da advocacia, sobretudo considerando o retorno a normalidade no período pós-pandemia e o debate de alguns atos virtuais e presenciais para que a gente consiga caminhar e fazer um melhor trabalho para a advocacia e para população em geral”, acrescentou.

Já o diretor de Assuntos Institucionais da ABRACRIM, Carlos Pessoa de Aquino, disse ser um satisfação, um privilégio participar da reunião com o presidente Harrison Targino. “Fomos muito bem acolhidos para discutir questões de maior relevo para a advocacia criminal paraibana e como tal estamos em parceria nessa luta, a OAB-PB e a Abracrime, em prol de todos os advogados, que militam na área criminal do nosso estado”, concluiu.

 

 

Cristiano Teixeira

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.