Opera Paraíba realiza mais de mil cirurgias de catarata no Hospital de Trauma

Opera Paraíba realiza mais de mil cirurgias de catarata no Hospital de Trauma

Paraíba
Joaquim
3 de maio de 2023
57

O programa Opera Paraíba já beneficiou, no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, 1.203 pessoas, que necessitavam realizar cirurgias de catarata. Só nesse fim de semana, foram realizadas 51 cirurgias.

As cirurgias, realizadas no último sábado (29), fazem parte da segunda etapa da programação. O diretor-geral da instituição, Laecio Bragante, destaca a importância do procedimento para o idoso.

“O paciente idoso que começa a ter sua capacidade visual reduzida é um paciente que perde o interesse por atividades normais, como assistir um programa de televisão de sua preferência, além de ter sua atividade social reduzida, o que o leva a um quadro depressivo. Para piorar ainda, esse paciente tropeça mais e cai mais, o que é muito comum terem fraturas de fêmur. Hoje o Hospital de Trauma desenvolve um trabalho em conjunto para o benefício da pessoa idosa, primeiro a cirurgia de catarata, que reduz a queda e na situação de queda com fraturas, esse paciente tem atendimento especial, por meio do Centro de Assistência Avançada no Trauma do Idoso”, salientou.

O programa do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, para cirurgias de cataratas iniciou no Hospital de Trauma em 1º de julho de 2022 e já realizou, nesses 10 meses, 1.203 cirurgias. Para Laecio Bragante esse número é muito significativo. “Ter mais de mil pacientes operados é um número muito relevante, queremos ratificar que o programa continua, porque o SUS funciona e é exemplo para todo o Brasil”, ponderou.

O aposentado Otacílio Rodrigues esteve no hospital para a cirurgia do segundo olho. “Eu queria agradecer muito a esse programa, porque esse problema me incomodava há bastante tempo. E aproveitar para externar a minha alegria de voltar a enxergar de novo, é como renascer e apreciar as coisas lindas feitas por Deus”, comemorou.

Segundo o coordenador de Logística para Cirurgias de Catarata, Agnaldo Cirino, a cada 15 dias novas pessoas são chamadas para cirurgia. “Damos total assistência aos pacientes. As cirurgias são realizadas no sábado, onde procuramos acomodar os pacientes, preparando-os para irem ao bloco cirúrgico. Dias antes, entramos em contato com eles, orientamos sobre as informações necessárias para o dia da cirurgia, o que eles podem ou não podem fazer. Após a cirurgia, o paciente é orientado sobre a recuperação e deixamos o retorno dele já agendado”, esclareceu.

Considerada de baixa complexidade, a cirurgia de catarata é realizada em poucos minutos, não sendo necessária a internação. A alta também é dada logo após o procedimento, sendo preciso apenas seguir as orientações pós-cirúrgicas para uma boa recuperação.

A cirurgia consiste na retirada do cristalino opacificado e sua substituição por uma lente intraocular. Normalmente, as intervenções são rápidas e realizadas com anestesia tópica (através de colírios), sem a necessidade de pontos.

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.