Paraíba gera saldo de 3,7 mil vagas com carteira assinada em outubro

Paraíba gera saldo de 3,7 mil vagas com carteira assinada em outubro

Destaque Paraíba
Joaquim
29 de novembro de 2023
28
Pelo quarto mês consecutivo, o mercado de trabalho da Paraíba mantém saldo positivo na geração de emprego com carteira assinada. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, divulgados, nesta terça-feira (28), mostram que foram admitidos 16.801 trabalhadores contra 13.028 desligamentos, resultando em um saldo positivo de 3.773 postos formais.
Sobre outubro do ano passado, quando foi gerado um saldo de 1.299 vagas, a expansão do saldo de empregos na Paraíba para outubro deste ano (3.773) foi expressiva ao alcançar o crescimento de 190,45%, uma diferença de 2.474 postos a mais.
Outro índice importante da Paraíba no mês de outubro com destaque nacional foi o índice de crescimento relativo, que se refere à alta em relação ao estoque de empregos acumulados até o mês anterior (463.653). A Paraíba atingiu o segundo melhor índice entre 27 unidades federativas, com alta de 0,81%. O Estado atingiu média no indicador bem acima da média Região Nordeste (0,50%) e do País (0,43%), enquanto Alagoas (1,02%) liderou no País.

SETORES QUE MAIS CONTRIBUÍRAM – Todos os cinco setores tiveram saldo positivo em outubro no Estado da Paraíba, sendo o setor de serviços o destaque com saldo de 1.199 vagas, seguido logo atrás pelo comércio com 1.035 vagas e o da construção (946). Os saldos dos setores da indústria (341) e agropecuária (252) completam a lista dos setores que mais geraram empregos.

NO ACUMULADO DO ANO – No acumulado de janeiro a outubro, a Paraíba gerou um saldo de 17.176 postos de empregos, resultado da diferença de 170.059 empregos criados contra 152.883 desligamentos. Atualmente, a Paraíba tem um estoque, incluindo os cinco setores (serviços, comércio, indústria e agropecuária) de 467.490 empregos.
CENÁRIO REGIONAL – A região Nordeste apresentou o terceiro saldo positivo de outubro (36.647 postos), ficando atrás das regiões Sudeste (96.576 postos) e Sul (37.742). As outras duas regiões vieram depois bem depois: Norte (10.223) e Centro-Oeste (10.013). Em outubro, o país fechou o mês com um saldo de 190.366 vagas formais de trabalho. No período, houve 1,94 milhão de admissões e 1,75 milhão de desligamentos.
Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.