Paraíba não corre risco de desabastecimento de arroz

Paraíba não corre risco de desabastecimento de arroz

Paraíba
Joaquim
10 de maio de 2024
27

Maior produtor de arroz do Brasil, o Rio Grande do Sul enfrenta um cenário desafiador na safra atual após os temporais que atingiram o estado nos últimos dias. Apesar das dificuldades, o superintendente da Associação de Supermercados da Paraíba (ASPB), Damião Evangelista, garantiu durante entrevista ao programa 60 Minutos, do Sistema Arapuan de Comunicação nesta quinta-feira (9), que o abastecimento interno do produto não está comprometido e que a Paraíba tem estoque para, mínimo, os próximos 60 dias.

Segundo Damião Evangelista, no momento, não existe “qualquer tipo de cenário de desabastecimento” do produto na Paraíba e que ainda é cedo para fazer qualquer tipo de avaliação de como a situação afetará a produção ou economia paraibana. Ele lembrou ainda que há em execução um plano do Governo Federal que dispõe sobre a importação do produto direto da China, o que aliviaria ainda mais a condiç

O estado do Rio Grande do Sul segue sendo castigado pelas fortes chuvas que atingem pelo menos 401 cidades, incluindo a capital Porto Alegre. Devido ao cenário caótico, o Senado Federal aprovou na última terça-feira (7) o Projeto de Decreto de Legislativo que reconhece o estado de calamidade no Rio Grande do Sul até 31 de dezembro de 2024.

O mais recente boletim da Defesa Civil do Rio Grande do Sul traz que subiu para 107 o número de mortos em razão dos temporais que atingem o estado. A atualização desta quinta-feira (9) aponta que há um óbito sendo investigado. O estado registra 136 desaparecidos e 374 feridos.

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.