Pesquisa Sebrae: 38% dos pequenos negócios na Paraíba afirmam ter investido em máquinas e equipamentos

Pesquisa Sebrae: 38% dos pequenos negócios na Paraíba afirmam ter investido em máquinas e equipamentos

Destaque Paraíba
Joaquim
17 de maio de 2024
45

Melhorar o processo de produtividade e garantir mais rapidez na entrega de pedidos. Esse foi o propósito da empresária Erilânia Estrela, proprietária da gráfica Atual & Comunicação Visual, na cidade de Sousa, no sertão paraibano, ao investir na aquisição de novas máquinas de impressão digital e de recortes automáticos. Essa mesma tendência de investimento revelada pela empreendedora é retratada em dados, através da divulgação da sexta edição da “Pesquisa Pulso dos Pequenos Negócios”, produzida pelo Sebrae.

Conforme o levantamento, 38% dos donos de pequenos negócios na Paraíba afirmaram ter investido em máquinas e equipamentos para melhorar o processo de atendimento. “Investimos em máquinas de impressão digital de maior porte e máquinas de recorte automático para complementar o parque gráfico, além de uma guilhotina automática para atender os pedidos com mais rapidez”, explicou Erilânia Estrela.

De acordo com a analista técnica do Sebrae/PB, Márcia Timótheo, esse tipo de investimento faz parte do processo competitivo das empresas no mercado e reflete também a necessidade de inovação no ambiente de negócios. “Ao optar pela aquisição de máquinas e equipamentos a empresa melhora a eficiência operacional e a qualidade do produto ou serviço, reduzindo muitas vezes os custos de produção e aumentando a capacidade de produtiva”, enfatizou.

Outros indicadores também são revelados pela pesquisa como a preferência dos empreendedores em investimentos nos setores de informática e equipamentos (29%); informática e software (24%); instalações (25%); ampliação do espaço físico (22%); veículos (18%); treinamento de empregados (15%); e treinamento de sócios (13%). Ainda de acordo com os dados, 33% responderam também realizar outros tipos de investimentos.

Conforme Márcia Timótheo, o comportamento de investimento pode ser interpretado como um sinal de crescimento e preparação dos donos de pequenos negócios para enfrentar desafios futuros, porém precisa acontecer com planejamento.  “É importante que o empresário faça um bom planejamento para implementação dessas aquisições, fazendo um levantamento da real necessidade. Uma boa gestão financeira é fundamental para o sucesso empresarial e leva o empresário a ficar mais preparado para as alterações do mercado. Outro aspecto relevante é o empresário analisar bem as fontes de financiamento e identificar as melhores opções, caso precise acessar crédito”, concluiu.

Nesta edição, a “Pesquisa Pulso dos Pequenos Negócios” entrevistou 93 empreendedores no território paraibano. A pesquisa, que é identificada pelo tipo quantitativa, foi desenvolvida a partir da aplicação de formulário on-line entre os dias 26 de fevereiro e 2 de março de 2024.

O intervalo de confiança é de 95% e a amostra, considerando, todos os 26 estados e o Distrito Federal, corresponde a participação de 6.797 empreendedores. Desse total, 55% dos empreendimentos foram identificados na categoria de Microempreendedor Individual (MEI), 31% como Microempresa (ME) e 14% Empresa de Pequeno Porte (EPP).

 

 

Assessoria Sebrae-PB

 

Vale News PB

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.