Polícia Civil prende homem e apreende testes rápidos de Covid-19 e outros materiais hospitalares

A Polícia Civil em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, prendeu um investigado o qual armazenava em sua casa uma grande quantidade de testes rápidos para Covid-19, além de ampolas, seringas e testes de HIV. A prisão e apreensão foram realizadas nessa quinta-feira (2), segundo informou o delegado Ilamilton Simplício ao ClickPB.

“Esse preso aqui em Cajazeiras vinha sendo investigado num processo de certa complexidade que envolve crime de apropriação indébita, peculato, estelionato, falsidade ideológica e a Polícia Civil, dando cumprimento ao mandado de busca em sua residência, para nossa surpresa, encontramos lá uma vasta quantidade de material hospitalar e de saúde. Ampolas, seringas, teste de HIV e, para nossa surpresa, uma grande quantidade de testes rápidos para Covid-19”, explicou o delegado.

Ainda segundo Ilamilton Simplício, o homem “foi autuado em flagrante delito por crime de posse de munição, já que foi encontrada, em sua residência, munição, inclusive, de uso restrito.”

O delegado também informou que, “em relação ao material hospitalar, especialmente os testes rápidos de Covid, nós vamos aprofundar as investigações para saber a origem desse material, se houve um desvio de algum órgão ou setor público, o que poderá resultar em crime de peculato e até crime contra a saúde pública.”

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.