Prefeito denuncia fraude no segurodefeso em Bom Sucesso-PB

Prefeito denuncia fraude no segurodefeso em Bom Sucesso-PB

Destaque Paraíba
Joaquim
25 de setembro de 2023
52

O prefeito Pedro Caetano da cidade de Bom Sucesso, localizada na interior Paraíba protocolou um pedido de investigação na Procuradoria Geral da Republica, pedindo que seja investigado um verdadeiro esquema de fraude envolvendo o cadastro para recebimento de auxílio defeso em troca de votos e rachadinhas.

Segundo a denuncia, a cidade de Bom Sucesso que não possui açudes ou espaços dedicados à piscicultura, apresenta o maior número per capita de cadastros da região no seguro defeso do governo federal. Na denúncia, envolve a  Joselice Torres esposa de um ex-vereador da cidade, apontada como a mente por trás deste esquema. Junto a outros 18 integrantes do suposto esquema, ela estaria cooptando moradores da cidade, prometendo acesso ao benefício. No entanto, duas condições são estipuladas: parte do valor recebido pelo seguro deve ser repassado ao grupo (rachadinhas)  e os beneficiários devem se comprometer a votar em Joselice nas próximas eleições.

As investigações seguem em andamento, e este caso traz à tona a urgência de mecanismos mais rigorosos de verificação e controle para garantir que benefícios governamentais cheguem realmente a quem deles necessita.

Os denunciados pelo prefeito:

JOSELICE TORRES; 2) BENEDITO FILHO, ex-vereador, residente e domiciliado no DISTRITO OLHO D’AGUINHA, MUNICIPIO DE BREJO DOS SANTOS; 3) FIDELIS TORRES; 4) FABRICIO TORRES; 5) ALDECI, residente e domiciliado no SITIO HUMAITA; 6) CLEITON DE ALDECI residente e domiciliado na rua ANANIAS EMIDIO DE SOUZA N. 252,CENTRO DE ALEXANDRIA) PODENDO SER ENCONTRADO NA RESIDENCIA DE SEU PAI ALDECI NO SITIO HUMAITA; 7) ANDRÉ, residente e domiciliado na rua ANTONIO BENEVIDES; 8) SIBELI: 9) CLEIDINHO (VEREADOR), residente e domiciliado no SITIO BAIXAS; 10) IRINEU NUNES, residente e domiciliado no ENDEREÇO INSTAVEL, BOM SUCESSO OU SANTA CRUZ; 11) GEORGE VANDERLEY, residente e domiciliado no SITIO SANTO ANTONIO OU RUA SANTO ANTONIO, BAIRRO SANTO AMARO N 130, ALEXANDRIA; 12) CARLINHO MARTINS residente e domiciliado na RUA FELIPE CAVALCANTE – PROXIMO AO GINASIO DE ESPORTES; 13) LEONARDO (VEREADOR), residente e domiciliado no SITIO SÃO BENTO; 14) MOCO (EX-VEREADOR), residente e domiciliado na AV. RAIMUNDO GONÇALVES; 15) SOBRINHO (VEREADOR, SITIO SÃO BENTO); 16) MARCIA KENYA (VEREADORA), residente e domiciliada no SITIO BAIXAS; 17) SEILDO (ESPOSO DE MARCIA KENYA); 18) Dr. RENATO (ADVOGADO), residente e domiciliado na RUA PRICESA IZABEL N. 468, BAIRRO BATALHÃO, CATOLE DO ROCHA; 19) CLEIDINHO (VEREADOR), residente e domiciliado no SITIO BAIXAS, para que sejam tomadas as devidas providencias, pelos motivos a seguir delineados.

A ClickPB tentou em contato com os acusados e os representantes do INSS para comentar sobre as alegações. As investigações seguem em andamento, e este caso traz à tona a urgência de mecanismos mais rigorosos de verificação e controle para garantir que benefícios governamentais cheguem realmente a quem deles necessita.

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.