Presidente do TCE-PB abre seminário e destaca auditorias e ferramentas de controle

O Presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), conselheiro Fernando Catão, abriu na manhã desta sexta-feira (11), o 3º Seminário de Controle Interno na Administração Pública, evento realizado em parceria com o Focco-PB – Fórum de Combate à Corrupção, voltado aos gestores municipais, secretários e assessores. e terá como finalidade estimular a criação de controladorias internas nos municípios e capacitar agentes públicos para essa função.

Para um auditório lotado, no Centro Cultural Ariano Suassuna, sede do TCE, o conselheiro Fernando Catão, falou da importância que representa  o controle interno nos órgãos públicos para uma gestão eficiente e transparente.

O presidente do TCE-PB disse que  é fundamental a atuação dos órgãos de controle, de modo a possibilitar que o gestor preste contas à população com o maior subsídio possível. “Isso permite, de outra parte, que os cidadãos tenham um maior conhecimento de como funciona a gestão pública, com todos os dados necessários à sua avaliação”, destacou.

Fernando Catão revelou aos presentes que na Paraíba, apenas 81 municípios possuem estruturas de Controle Interno. Percentual que foi levantado no diagnóstico realizado pelo TCE e que já demonstra a preocupação de muitos prefeitos em melhorar a gestão pública.

Durante a abertura, ele apresentou uma pesquisa que mapeia a situação dos controles internos com um  diagnóstico dos Controles Internos Municipais, realizado pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon). O levantamento teve a participação de 3.120 municípios.

A pesquisa mostra que quase 60% dos municípios brasileiros atuam concomitantemente nos Poderes Legislativo e Executivo. Para o conselheiro, essa situação pode ensejar violação ao princípio da separação de Poderes, uma vez que, idealmente, cada Poder deve ter seu órgão de controle interno.

O presidente mostrou dados da Auditoria Coordenada realizada, na terça-feira (8), de forma simultânea, em 150 municípios do Estado, incluindo a Capital, para avaliar a qualidade dos serviços prestados à população e a utilização eficiente dos recursos públicos em 189 Unidades Básicas de Saúde (UBS) instaladas nesses municípios.

Composto por palestras e oficinas com os participantes, o seminário segue no período da tarde.

 

 

Portal Paraíba

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.