R$ 284 milhões: Bancada federal da PB define emendas ao orçamento de 2023 nas áreas de saúde, infraestrutura, educação e outras; veja lista

Após a reunião da bancada federal da Paraíba, foram definidos os valores e o rol das 15 emendas de bancada, num total de aproximadamente R$ 284 milhões. Cada parlamentar fez o aporte financeiro dentro da sua cota para cada uma das ações previamente escolhidas, fruto das ações que foram apresentadas pelos entes federativos e das sugestões recebidas pelas entidades estaduais.

Segundo o coordenador da bancada federal, o senador eleito Efraim Filho (União-PB), se destacam os recursos para as seguintes áreas: saúde, que foi a mais contemplada, com cerca de R$ 168 milhões; infraestrutura, com cerca de R$ 47 milhões; agricultura, com cerca de R$ 49 milhões; e educação, com quase R$ 20 milhões, divididos entre as entidades públicas da Paraíba.

A ação que recebeu o maior reforço orçamentário foi o custeio para ações de atenção básica na saúde dos municípios, alcançando a meta de 100 milhões de reais, um reflexo político da capacidade que a coletividade dos municípios demonstraram em ser decisivos nas eleições deste ano. Na saúde, destacam-se as iniciativas para viabilizar Hospital de Trauma do Sertão com R$ 6,5 milhões e o Hospital da Criança, em Campina Grande, com quase R$ 5 milhões, entre outros.

Na infraestrutura o projeto S.O.S. Triplicação 230 em João Pessoa/Cabedelo recebeu um reforço orçamentário de R$ 7 milhões para destravar essa importante obra na região metropolitana da capital, recurso que se soma aos R$ 7 milhões já previstos, resultando em um total de R$ 14 milhões para o orçamento federal de 2023 destinado a essa obra.

Ainda foram contempladas a construção do Arco Metropolitano que interliga a BR230 e a BR101, apresentado pelo Governo do Estado, e a reforma e ampliação dos mercados públicos da cidade de João Pessoa, apresentado pela prefeitura da capital. Na educação, investimentos de cerca de R$ 20 milhões serão divididos entre as quatro grandes entidades de ensino na Paraíba: UFPB, UFCG, UEPB e IFPB, com recursos destinados à modernização da infraestrutura dos centros universitários.

Na área de agricultura, pesca e desenvolvimento sustentável regional duas inciativas foram contempladas: aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas destinados ao Estado e aos municípios, para reforçar as ações na zona rural e estimular a agricultura familiar a construção de uma escola modelo de embarcações, no valor de quase R$ 5,3 milhões, de acordo com importante arranjo produtivo local e vocação econômica da região litorânea de Cabedelo.

Duas obras de destaque no Estado não precisaram contar com aporte financeiro da bancada, pois já dispõem de recursos em caixa para a continuidade das obras em 2023: a duplicação da Alça Sudoeste da BR230 em Campina Grande, que já recebeu R$ 40 milhões neste 2° semestre e mais R$ 10 milhões para o orçamento federal do ano que vem e também o 3° eixo da transposição do São Francisco, Ramal Piancó, que já conta com recursos do orçamento da bancada do ano anterior para o desenvolvimento do projeto e início da obra, de cerca de R$ 50 milhões.

 

Wscom

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.