Secretário de Saúde revela quadro da Síndrome Gripal na Paraíba

Secretário de Saúde revela quadro da Síndrome Gripal na Paraíba

Paraíba
Joaquim
8 de maio de 2023
57

O Secretário de Saúde da Paraíba, Jhony Bezerra, anunciou que se inicia hoje (8) plano de ação para atender os casos, bem como conter o avanço dos casos de Síndrome Gripal Aguda Grave (SRAG) em crianças na Paraíba. Só entre março e abril estado chegou a registrar 48 mil casos.

Para se ter uma ideia da gravidade da situação já estão em funcionamento no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica. E a promessa é a abertura de mais leitos em outras unidades hospitalares.

A estratégia de aumentar os leitos faz parte do plano de ação elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). ”O momento é preocupante, há um aumento da situação viral, sendo da forma grave. Os leitos de UTI foram ampliados para crianças em  todo o estado”, assegura.

Hoje a tarde representantes da Prefeitura de João Pessoa, do Estado e do Ministério Público vão se reunir para alinhar ações.

O secretário reforça que o objetivo da ampliação dos leitos é prestar assistência à população infantil que precisa de um atendimento especializado, intensivo, com suporte de oxigênio, diante da ocorrência de crianças adoecendo de forma grave com síndromes respiratórias. “Essa é uma ação do Estado para dar suporte, ampliando leitos de retaguarda, de forma emergencial, assim como foi para a Covid-19. A ocupação desses leitos será realizada via Central Estadual de Regulação”, comentou.

A Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) abrange casos de síndrome gripal (SG) que evoluem com comprometimento da função respiratória que, na maioria dos casos, leva à hospitalização, sem outra causa específica. As causas podem ser vírus respiratórios, dentre os quais predominam os da Influenza do tipo A e B, Vírus Sincicial Respiratório, SARS-COV-2, bactérias, fungos e outros agentes.

 

Click PB

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.