Servidores dos hospitais universitários da Paraíba encerram greve após acordo salarial

Servidores dos hospitais universitários da Paraíba encerram greve após acordo salarial

Paraíba
Joaquim
10 de maio de 2024
21

Os servidores dos hospitais universitários ligados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) na Paraíba decidiram encerrar a greve que havia começado no dia 2 deste mês. A decisão ocorreu após um acordo firmado com a mediação do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que promoveu um reajuste de 3,09% nos salários e benefícios dos funcionários, além de melhorias nos auxílios-creche.

A paralisação, que durou sete dias, afetou o Hospital Universitário Lauro Wanderley em João Pessoa, além de outras unidades em Campina Grande e Cajazeiras. Apesar da greve, o Hospital Lauro Wanderley manteve 70 a 80% de sua capacidade operacional, com uma média de 700 a 800 atendimentos diários, enquanto normalmente atende cerca de mil pessoas por dia.

O gerente de Atenção à Saúde do HULW, José Eymard Moraes de Medeiros Filho, destacou que a retomada dos serviços ocorreu imediatamente após o fim da greve. “Já hoje, a normalidade dos serviços volta a funcionar de forma integral”, comentou.

Além das questões salariais, o acordo contemplou a manutenção das cláusulas sociais, uma demanda importante do comando de greve. No entanto, permanecem pendentes questões como a equiparação entre as carreiras dos técnicos em radiologia e os assistentes administrativos, bem como o reajuste de alguns auxílios que não foram contemplados no mesmo percentual.

Adriano Furtado, coordenador de Operações Sindicais, ficou satisfeito com o resultado, mas ressaltou que ainda há aspectos a serem negociados para futuras discussões. “Os trabalhadores concordaram com a proposta do TST, mas vamos continuar dialogando sobre as pendências restantes”, afirmou.

 

Wscom

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.