Transição conclui 1ª semana com anúncios de integrantes e reuniões com partidos e parlamentares; aprovação da PEC do Bolsa Família é prioridade

O Gabinete da Transição concluiu a primeira semana de trabalhos com a nomeação de integrantes para oito grupos técnicos (Economia; Desenvolvimento Social e Combate à Fome; Indústria, Comércio e Serviços / Pequena Empresa; Mulheres; Igualdade Racial; Direitos Humanos; Planejamento, Orçamento e Gestão; e Comunicações), a criação e a primeira reunião do Conselho Político, o encontro do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, com parlamentares e reuniões na Câmara dos Deputados e no Senado Federal para a aprovação da PEC do Bolsa Família.

O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, instituiu o Gabinete da Transição por meio da Portaria nº 1, publicada no Diário Oficial da União no dia 8 de novembro. A portaria estabeleceu a estrutura do gabinete, com as coordenações Executiva, sob o comando de Floriano Pesaro, e de Articulação Política e de Grupos Técnicos.

Ao todo, 31 grupos técnicos vão debater e produzir subsídios para elaboração de um relatório final de transição que será entregue em dezembro ao presidente e vice eleitos e ministros indicados.

A presidenta Nacional do PT, Gleisi Hoffmann, coordena a Articulação Política e o ex-ministro Aloizio Mercadante coordena os Grupos Técnicos. A ex-ministra Miriam Belchior também foi nomeada por portaria e vai atuar na assessoria dos Grupos Técnicos.

 

 

O Globo

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.