Creci-PB intensifica fiscalizações para coibir o exercicio ilegal de corretor de imóveis

Creci-PB intensifica fiscalizações para coibir o exercicio ilegal de corretor de imóveis

Paraíba
Joaquim
2 de março de 2023
60

O Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da Paraíba (Creci-PB), tem intensificado a fiscalização, sobretudo ao combate ao exercício ilegal da profissão. Para esse trabalho, além das viaturas, há uma unidade móvel (Furgão) – Programa Creci-Itinerante. A informação foi prestada na tarde desta quinta (2) pelo presidente do órgão, Ubiraja Marques durante entrevista ao Programa Rede Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação.

Ele explicou que o trabalho de fiscalizado está sendo intensificado diante dos Projetos de loteamentos urbanos que estão sendo elaborados em diversas outras regiões e em cidades-polo do Alto Sertão, Vale do Piancó, Curimataú e Cariri. ” Valores de imóveis nessas áreas não muito diferentes da Capital”, afirmou.

Ubiraja Marques disse que que atualmente o Creci conta com 13 mil corretores de imóveis e empresas imobiliárias inscritos, ou seja, mais do que o dobro de profissionais inscritos no Creci do vizinho estado do Rio Grande do Norte e está próximo de atingir o número existente em Pernambuco.

Ainda Durante a entrevista, o presidente do Creci-PB destacou que a globalização do mercado e a valorização da categoria tem atraído cada vez mais profissionais de outras áreas, como advogados, engenheiros e professores.

” O mercado imobiliário está aquecido não só em João Pessoa, mas em várias regiões através de lançamentos de empreendimentos em Campina Grande, litoral norte a partir de Cabedelo, litoral sul e com destaque em Bananeiras e Solânea, mas também no Vale do Sabugi e Espinharas, com o advento das instalações de parques de energia eólica e solar”, destacou.

Ele disse também que pela segunda vez em três anos (2018 e 2019), o setor teve sua produtividade destacada em nível nacional, figurando em 1º lugar na região Nordeste e em 4º lugar no Brasil, segundo dados do Relatório da Diretoria de Fiscalização do Conselho Federal de Corretores de Imóveis.

Ubijara Marques afirmou ainda que o Conselho transcende suas duas missões institucionais de fiscalização e registro através de ações como o programa de Educação Continuada Educacreci, que capacita e qualifica a categoria gratuitamente. As inscrições se dão mediante doação de 2 Kg de alimentos não perecíveis que são doadas a entidades filantrópicas previamente cadastradas.

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.