EXCLUSIVO: site explora fotos de mais de 10 apresentadoras e repórteres de TV’s na Paraíba como conteúdo adulto

EXCLUSIVO: site explora fotos de mais de 10 apresentadoras e repórteres de TV’s na Paraíba como conteúdo adulto

Destaque Paraíba
Joaquim
4 de junho de 2024
47

Repercutiu no último fim de semana a denúncia e o desabafo da jornalista Letícia Silva ao descobrir que suas fotos foram usadas indevidamente em um site de conteúdo adulto. Ela procurou a Polícia Civil e registrou boletim de ocorrência para que providências sejam tomadas. O ClickPB buscou entender a profundidade do caso e descobriu, em checagem na noite desta segunda-feira (3), que a exploração das imagens e violação de conteúdo é extensa e envolve várias outras apresentadoras e repórteres das emissoras paraibanas de TV. Elas são listadas como “Gatas brasileiras”. Até criança foi exposta pelo site adulto.

Com a repercussão da denúncia de Letícia Silva, as apresentadoras Linda Carvalho e Jaceline Marques também descobriram que suas imagens foram exploradas no site adulto.

Em pesquisas feitas pelo ClickPB por nomes das emissoras paraibanas, nesta segunda-feira (3), foram encontradas fotos e vídeos das repórteres e apresentadoras Fernanda Albuquerque, Bruna Borges, Ana Beatriz Rocha, Amy Nascimento, Beatriz Freire, Dani Fechine e Zuila David. As jornalistas Laisa Grisi e Patrícia Rocha foram listadas como TV Cabo Branco, mas já se desligaram da Rede Paraíba, o que mostra que as publicações no site acontecem há um longo tempo.

São algumas fotos e vídeos comuns do cotidiano de trabalho ou da vida pessoal das jornalistas e algumas imagens de biquíni ou com blusas com alças e decotes, sem conotação sexual, mas que ganham teor erótico pela indução que o site causa. Elas são listadas na categoria “Gatas brasileiras” e algumas fotos ficam embaçadas e são reveladas apenas com o clique do mouse, induzindo a pensar que se trata de uma foto para maiores de 18 anos.

Em uma das situações, foi usada a foto de uma repórter de biquíni com o filho na praia em um singelo momento de lazer em família. A imagem foi marcada como “NSFW”, que é a sigla usada na internet para alertar sobre conteúdos com nudez, sexualidade intensa, palavrões ou violência intensa.

Toda essa exploração das imagens acontece sem a devida autorização das jornalistas.

Letícia Silva procurou a Delegacia da Mulher, no sábado (1º), e foi informada de que o caso de suas fotos estará sob os cuidados da Delegacia de Crimes Cibernéticos de João Pessoa.

 

Click PB

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.