Lula pede desculpa a policiais após discurso contra agentes de segurança

Em discurso realizado pela comemoração do 1º de maio, o pré-candidato do PT à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, pediu desculpa para os policiais por causa de uma fala em um evento de que participou no dia anterior, em São Paulo.

No sábado (30), Lula afirmou que o presidente Jair Bolsonaro “não gosta de gente, ele gosta de policial”.

“Quando eu estava fazendo o discurso, eu queria dizer que o Bolsonaro só gosta de milícia, ele não gosta de gente. E eu falei que ele ‘só gosta de polícia, não gosta de gente’. Eu quero aproveitar e pedir desculpas aos policiais desse país, porque muitas vezes cometem erros, mas muitas vezes salvam muita gente do povo trabalhador. Nós temos que tratá-los como trabalhadores”, afirmou.

 

Agência Brasil

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.