Mosquitos estão nascendo infectados por zika e Chikungunya

Mosquitos estão nascendo infectados por zika e Chikungunya

Brasil Destaque
Joaquim
26 de fevereiro de 2024
29

Estudo publicado na sexta-feira por pesquisadores da Universidade Federal de Goiás (UFG) mostrou que alguns mosquitos Aedes aegypti já estão nascendo infectados com o vírus da zika e Chikungunya. O levantamento indica, então, uma transmissão “vertical” da doença, que pula a etapa do mosquito picar um humano, adquirir o vírus para, somente depois, contaminar outra pessoa.

A especialista em Aedes aegypti Denise Valle conversou com o Correio e falou sobre os impactos da descoberta para a população e para as autoridades de saúde responsáveis pelo controle de endemias. Sobre um aumento de casos, afirmou ser “leviano” associar a descoberta a situações como a enfrentada pelos Brasil, neste verão. “Não temos ideia, de fato, do quanto isso representa no número de casos”.

A bióloga destaca que o mosquito é tratado como inimigo número um quando a pauta é dengue, no entanto, os próprios humanos asseguram as condições necessárias para o seu desenvolvimento. “No discurso, o mosquito é tratado como inimigo número um. Mas, na prática, é como se ele fosse o melhor amigo do homem”, avalia.

Denise Valle é criadora da campanha 10 Minutos contra o Aedes, divulgada pelo Ministério da Saúde, e pesquisadora do Laboratório de Medicina Experimental e Saúde do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).

 

Correio Braziliense

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.